top of page

79 rádios foram encerradas pelo Governo Guineense por falta de pagamento de licença


No dia 07 de Abril o Governo da Guiné-Bissau mandou encerrar 79 rádios de emissão nacional, regional e comunitárias, justificando a sua decisão pela falta de pagamento de licença de emissão dessas estações.


O Secretário-geral do Sindicato dos Jornalistas, Diamantino Domingos Lopes, afirmou que a liberdade de informação na Guiné-Bissau estava comprometida. Declarou não ser contra a formalização do sector mas que devia-se encontrar uma solução pela via diplomática.


O jurista Fodé Mané, do Espaço de Concertação das Organizações da Sociedade Civil Guineense, acusou o Governo de ter violado a lei, afirmando que as medidas de encerramento deviam ter sido decretadas pelo tribunal, e não por via administrativa.


Fonte: DW África

Leia a noticia inteira aqui.

Comentários


bottom of page