top of page

O jornalista guineense Adão Ramalho foi espancado nas ruas da Capital


Adão Ramalho foi o segundo jornalista agredido na Guiné-Bissau desde o inicio de Março 2021. Após de ter sido alvo de ameaça nos últimos anos, o jornalista da Rádio Capital FM foi espancado enquanto cobria a reportagem da chegada do Líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira, ao país. Declarou ter sido vítima de uma tentativa de rapto pelas forças de segurança, e denunciou um ato premeditado.


Fonte: RFI

Leia a noticia inteira aqui.

Comments


bottom of page